Tag: mundo

20 de março 0

Conheça os 10 lugares mais felizes do mundo

Qual é o segredo para tornar um lugar o mais feliz do mundo? A ONU escolheu 20 de março como o Dia Internacional da Felicidade e reconheceu o estado de espírito e bem-estar como metas universais. Os países mais felizes estão, a maior parte, na Escandinávia, de acordo com o último Relatório Mundial da Felicidade. As informações são da CNN. As nações selecionadas combinam maior expectativa de vida, PIB per capita elevado, assistência social, generosidade, liberdade e baixas taxas de corrupção. Veja a lista:

 

1- Dinamarca: A Dinamarca ficou em primeiro lugar como o país mais feliz do mundo no relatório de 2013. Um dos locais mais felizes no país deve ser, certamente, Tivoli Gardens, um dos parques de diversões mais antigos do mundo, que reabrirá no dia 10 de abril para a alta temporada. Se preferir um local mais calmo, visite o King’s Garden, popular para piqueniques no verão. Para capturar o clima dinamarquês, a recomendação é jantar em uma casa dinamarquesa. Com estilo caseiro e luz de velas, é quase uma exigência para quem passa pelo país.

 

2- Noruega: Jantar na capital do país, em Oslo, fará qualquer pessoa feliz. Oslo está comemorando a conquista de seis estrelas, entre cinco restaurantes diferentes, do Guia Michelin em março. Ylajali e Fauna receberam cada um uma estrela, enquanto Bagatelle e Atatholdergaarden mantiveram uma cada e Maeemo ficou com duas. Para uma experiência mais natural, vá até o Dovrefjell National Park e a região montanhosa.

 

3 – Suíça: A cidade suíça Zermatt e os 200 km de pistas de esqui da região encantam qualquer ávido esquiador. Mesmo no verão as encostas acolhem algumas das equipes de esqui nacionais para treinar – e você se estiver passando as férias na região. Para um passeio mais tranquilo, visite a aldeia Appenzell, com apenas 7 mil habitantes, e uma extensa rede de trilhas para caminhadas.

 

4 – Holanda: A tulipa – a mais emblemática das flores holandesas – já começou a florescer nos jardins de Keukenhof , que abriu no dia 20 de março, para a primavera no país. Os visitantes vêm de toda a Europa para ver as variedades de tulipas e outras flores. Os jardins fecham no dia 18 de maio. Fazer um passeio de bicicleta pela região das flores na Holanda é uma boa opção. Viajantes bem condicionados podem passear por várias partes do país de bike, por cerca de 400 km, ao longo de oito dias.

 

5 – Suécia: De Estocolmo, Gamla Stan é um dos maiores e mais bem preservados centros medievais da cidade na Europa, e uma das principais atrações. Explorar o passado medieval de Estocolmo e passear pelo Royal National City Park, o primeiro parque nacional urbano do mundo, não pode ficar de fora do roteiro. Para uma passagem mais tranquila pela Suécia, o Kosterhavet Marine National Park, na costa Bohuslän, é o local ideal para a exploração.

 

6 – Canadá: O Parque Nacional de Banff é um dos lugares mais felizes do país e certamente vale o tempo para se arriscar nos esquis. Confira Skoki Lodge para ver a primeira estância de esqui construída no Canadá. Se você quiser algo diferente, considere explorar a Haida Gwaii, antes conhecida como Queen Charlotte Islands. Com um voo de duas horas de Vancouver, há uma série de atividades ao ar livre, como a exploração da cultura e da história de uma das primeiras nações do Canadá.

 

7 – Finlândia: Quer fazer a sua viagem para a Finlândia um pouco mais especial? Que tal dormir em um iglu de vidro no Kakslauttanen? Desfrute de uma vista deslumbrante sobre a aurora boreal e um céu estrelado em uma temperatura ambiente. Se você preferir uma pequena cidade à beira-mar, vá para Hanko, onde ciclismo, surf e mergulho são possíveis durante os meses mais quentes.

 

8 – Áustria: Escutar música no famoso Musikverein Golden Hall, em Viena, é uma alegria para os ouvidos. Além disso, provar a famosa torta Sacher de chocolate no Café Sacher vai agradar o paladar. Se você prefere ficar longe da algazarra da cidade, visite o Pogusch Country Inn para uma refeição. Para prolongar a felicidade, reserve um quarto na pousada e desfrute de um fim de semana no país.

 

9 – Islândia: Ninguém deve ir embora da Islândia sem dar um mergulho na famosa Lagoa Azul. Veículos partem do aeroporto e oferecem aos turistas pagantes uma parada no caminho. A paisagem é deslumbrante, não deixe de nadar nas outras piscinas naturais aquecidas também.
Os aventureiros devem visitar o Parque Nacional Snæfellsjökull para ver uma geleira no topo de um vulcão ainda ativo. A região ficou famosa por causa do filme Viagem ao Centro da Terra.

 

10 – Austrália: Uma das sete maravilhas naturais do mundo e um dos itens na Lista do Patrimônio Mundial da UNESCO, a Great Barrier Reef é imperdível no país. Ela tem 344 km de área e possui o maior ecossistema de recife de coral do mundo. Cerca de 600 ilhas continentais, 3 mil recifes e aproximadamente 150 ilhas costeira fazem parte da área. No entanto, os moradores de Wollongong estariam na parte mais feliz. Área de golfe e o Nan Tien, maior templo budista no hemisfério sul, estão lá.

 

 

 

Fonte: vidaeestilo.terra.com.br
Foto: pixabay.com

Deixe seu Depoimento
22 de dezembro 0

Conheça as lojas de chocolate mais fantásticas do planeta

O nome “chocolateria” parece até simples demais diante dessas marcas que construíram seus monumentais impérios doces. Faça uma viagem pelos verdadeiros templos do chocolate ao redor do mundo, onde o cacau e o açúcar são irresistíveis objetos de veneração.

 

1. M&M’s World – Las Vegas:

M&M’s World – Las Vegas, EUA Localizada na principal avenida de Las Vegas, a Las Vegas Strip, são quatro andares dedicados aos confeitos coloridos de chocolate mais famosos do mundo. Essa foi a primeira loja da rede. Lá dentro você encontra gigantescos tubos com os confetes separados por cor e sabores e os mais variados souvenires da marca M&M’s (foto: Josh Truelson/Flickr/Creative Commons).

 

 

2. M&M’s World – Orlando:

M&M’s World – Orlando, EUA A filial em Orlando fica dentro de um dos principais shoppings para turistas: o Florida Mall. Com sorte você encontra os bonecos M&M’s perambulando pela loja, sem sorte você pelo menos sai com um saquinho de doces e uma foto ao lado das estátuas gigantes que ficam na frente da loja. (foto: frankieleon/Flickr/Creative Commons)

 

 

3. Cadbury World – Inglaterra:

Cadbury World – Reino Unido Muito mais do que uma loja, é um atração que convida os visitantes a uma viagem pelo mundo dos chocolates Cadbury. A maioria das esculturas é feita de chocolate. A loja ao final do passeio deixa todos pirados (foto: Reprodução/Facebook).

 

 

4. Cadbury World – Nova Zelândia:

Cadbury World – Nova Zelândia A Nova Zelândia também ostenta um mundo dos chocolates Cadbury. A atração fica na segunda maior cidade da Ilha Sul do país. O passeio tem uma duração média de uma hora e quinze minutos. E o melhor: é possível provar os chocolates (foto: chee.hong/Flickr/Creative Commons).

 

 

5. Lindt – Kilchberg, Suíça:

Lindt – Kilchberg, Suíça Em qualquer lugar da Suíça, e do mundo, estão as lojas das agraciadas barras de chocolate e bombons Lindt. Acontece que a unidade da comuna de Kilchberg, pertinho de Zurique, tem um quê especial: fica no mesmo local da fábrica da marca. Chocolate literalmente recém-nascido (foto: Divulgação).

 

 

6. Lindt – Florença, Itália:

Lindt – Florença, Itália A doçura e a cremosidade do Lindt dominaram o mundo. A loja de Florença tem uma montanha de bombons (Markus ›fin‹ Hametner/Flickr/Creative Commons).

 

 

7. Hershey’s Chocolate World – Pensilvânia, EUA:

Hershey’s Chocolate World – Pensilvânia, EUA A loja e museu tem unidades em outras oito localidades (Nova York, Las Vegas, Chicago, Niagara Falls, Dubai, Cingapura e duas unidades em Xangai), mas a mais antiga fica na Pensilvânia. Tour pela história do chocolate, oficina de barras de chocolate e degustação são algumas das atrações disponíveis (foto: Prayitno/Flickr/Creative Commons).

 

 

8. Havanna – Buenos Aires:

Havanna – Buenos Aires, Argentina Os alfajores argentinos já conquistaram fãs por toda a América Latina. Mas, certamente, é a loja do Caminito, em Buenos Aires, a mais fotografada de todas. Não há quem não se encante pelo estilo da loja que também é adepta as cores vivas da região. Lá dentro, além dos alfajores, o turista também pode apreciar as bebidas quentes e doces (foto: Rod Waddington/Flickr/Creative Commons).

 

 

9. Milka – Bariloche, Argentina:

Milka – Bariloche, Argentina Apesar da identidade suíça da vaquinha roxa Milka. Os chocolates são muitíssimo encontrados na Argentina, inclusive como alfajores. Bariloche é um dos destinos que pipocam de lojinhas Milka. A estrada de Cerro Catedral (foto) é um dos locais que abriga um quiosque desses (foto: marianodm/Flickr/Creative Commons).

 

 

10. Nutelleria – Toronto:

Nutelleria – Toronto, Canadá Não foi em só em São Paulo que as lojinhas de Nutella causaram suspense e ansiedade. Pelo mundo todo os points são aclamados com seus quitutes incrementados com o creme de avelã. Em alguns lugares são conhecidos como Nutella Bar ou Nutelleria, como é o caso de Toronto, no Canadá (foto: Reprodução/Facebook)

 

 

Fonte: viagemeturismo.abril.com.br

Deixe seu Depoimento
Página 1 de 1212345...10...Última »