Tag: avião

18 de outubro 0

Conheça o DC-3 que virou MCDonald’s

O General Dwight Eisenhower, comandante supremo das Forças Aliadas na Segunda Guerra Mundial, declarou que três equipamentos militares foram fundamentais para o avanço dos Estados Unidos no conflito: o Jeep, as bazzocas e o avião de transporte Douglas DC-3. A famosa aeronave, considerado essencial para a vitória dos Aliados, hoje é um McDonald’s!

Após uma longa carreira, um DC-3 aposentado foi transformado, quem diria, em lanchonete. O avião ganhou essa função em 1990, quando a atual proprietária do terreno, Eileen Byrne, o adquiriu e abriu o restaurante em seguida, localizado em Taupo, no norte da Nova Zelândia.

“O local antes era uma concessionária de automóveis, a ‘Aeroplane Car Company’, e o antigo dono comprou o avião para divulgar a loja. Quando comprei, o avião veio junto”, revelou Eileen, em entrevista ao Daily Mail.

 

Aperte os cintos e bom apetite:

Na mudança de proprietário, o DC-3 recebeu as cores da rede de fast-food e seu interior foi convertido em refeitório com 20 assentos para 10 mesas.

O avião é uma extensão da lanchonete, por isso os clientes devem realizar os pedidos no restaurante e, em seguida, seguir com seus Big Macs para o salão instalado na aeronave.

Quem vai a lanchonete pode acessar a cabine pelas duas portas originais, uma na frente e outra na traseira do avião. Os motores foram removidos, mas as hélices permanecem instaladas. O cabine de comando também está em bom estado de conservação, mas essa parte fica fechada.

 

 

 

 

 

Fonte: airway.uol.com.br

Deixe seu Depoimento
13 de julho 0

Companhia aérea coloca barril de chopp dentro de voo

Os passageiros adeptos a um um bom chopinho já podem celebrar. Isso porque a KLM Royal Dutch Airlines está se preparando para ser a primeira companhia aérea a servir a bebida direto da torneira durante um voo.

Para tanto, a empresa passou anos tentando desenvolver um barril que conseguisse produzir o chopp perfeito, mesmo em altas altitudes. O protótipo da máquina acabou sendo desenvolvido em parceria com a cervejaria holandesa Heineken.

A transportadora tinha a esperança de lançar o serviço já no início deste mês, mas precisou adiar a estreia até garantir os certificados de segurança necessários por parte das autoridades de aviação civil.

Uma vez que for dada a luz verde, os passageiros da empresa poderão tomar uma gelada dentro da própria aeronave, especialmente nos voos pela Europa.”Estamos sempre à procura de produtos típicos holandeses que nos diferenciem de outras empresas”, disse Miriam Kartman, vice-presidente da KLM, ao site da FoxNews.

 

Tarefa complicada:

Edwin Griffioen, um funcionário da Heineken que ajudou a projetar o produto, disse que não foi uma tarefa fácil superar os desafios do fornecimento da bebida sob as condições de uma cabine. Um exemplo foi descobrir o que fazer com os cartuchos de CO2, que normalmente são utilizados em instalações do tipo, mas que não podem entrar em aviões.

“Além disso, a pressão do ar é muito menor dentro de um avião do que no nível do mar. Com isso, uma torneira de cerveja tradicional não funcionaria, passando apenas a dispensar uma enorme quantidade de espuma”, explicou.

Segundo o especialista, existem distribuidores que trabalham com pressão de ar, mas que eram grandes demais para caber dentro de um avião. “No final, tivemos de deixar algumas peças de fora, como o arrefecimento, para fazer tudo se encaixar.”

Contudo, não se preocupe: o sabor da cerveja não foi alterada pelo processo inovador, garante a Heineken. A ideia é que quatro barris da bebida sejam carregados em cada voo, depois de terem sido entregues frios no aeroporto de Amsterdã.

Griffioen disse ainda que o carrinho de bebidas foi redesenhado para se parecer com “uma garrafa térmica gigante”, o que irá manter o chopp na temperatura certa para o serviço.

“Conseguimos definir o diâmetro da torneira e a pressão do ar exatamente na combinação certa, o que proporciona a 36 mil pés de altura exatamente a mesma cerveja como você tomaria se estivesse em terra.” De acordo com a KLM, a ideia é introduzir o barril de chopp a partir do mês de agosto apenas em voos selecionados.

 

 

 

Fonte: viagem.uol.com.br
Foto: KLM Airlines

Deixe seu Depoimento
Página 1 de 512345